ACIDENTE: Micro-ônibus autônomo sofre acidente por falha humana

Nos Estados Unidos, durante uma manobra ilegal, o motorista de uma carreta acerta a dianteira do micro-ônibus autônomo

 

navya micro-onibus 02

     Logo após o início do dia de testes, o micro-ônibus autônomo da empresa francesa Navya acaba se envolvendo em um acidente na cidade de Las Vegas, Estados Unidos. Infelizmente, um motorista de caminhão se chocou contra o pequeno ônibus após se arriscar numa manobra ilegal, as autoridades locais foram bem rápidos em informar que a nova tecnologia em teste, não teve culpa no acidente, visto que tudo aconteceu devido a um erro causado pelo motorista de um caminhão, que trafegava em baixa velocidade.

          De acordo com a rede de notícias BBC, dentro do pequeno ônibus, haviam algumas pessoas, mas nenhuma delas se feriu. Já o motorista do caminhão, foi devidamente multado por sua infração. O veículo autônomo da francesa Navya, até o momento é o primeiro a conseguir permissão para realizar testes sem motorista pela região. Este período de análise começou poucos dias depois de empresa Waymo, do Grupo Alphabet, que cuida de empresas como a Google, ter anunciado o início de seu período de testes do seu novo serviço de transporte totalmente autônomo.

          Segundo o Jornalista do site Digital Trends, Jeff Zurschmeide, que estava a bordo da tecnologia em teste no momento em que o acidente acontece, relatou que a culpa realmente foi do caminhão. Mesmo a culpa não ter sido do veículo autônomo, ele ainda acredita que, a ausência de um sistema de manobra ou alerta em situações de emergência, pode ter contribuído para que os danos acontecessem. “Havia cerca de meio metro de espaço atrás do nosso ônibus e a maioria dos motoristas teria dado ré para abrir espaço para a manobra do caminhão. Ou, pelo menos, buzinado para se fazer notar. Mas, o micro-ônibus não tinha esse tipo de dispositivo” explica em nota, Jeff Zurschmeide.

navya micro-onibus 01

          O micro-ônibus autônomo tem uma capacidade de transportar até 15 passageiros e tem a velocidade máxima de apenas 45 km/h, mas sua velocidade média de transporte é de 25 km/h. Como o infeliz acidente ocorreu durante um período de baixas velocidades, os danos ocorridos no veículo foram superficiais e tudo indica que seus testes de campo voltam a ser realizados já na próxima semana.





REDAÇÃO SEMPRE AUTOS <>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *