BMW está planejando uma junção com a Great Wall na China

O motivo principal para a união entre BMW e Great Wall é a produção de veículos elétricos

A BMW começou seus preparativos, para formar uma joint venture ( Empreendimento conjunto – é um modelo estratégico de parceria comercial ou aliança entre empresas visando desde uma simples colaboração para fins comerciais e/ou tecnológicos até a fusão de sociedades em uma única empresa) com a chinesa Great Wall que é a maior montadora de veículos privada da China, fundada em 1984 está sediada na cidade de Baoding, Hebei, China, a BMW acredita que firmando esse Joint venture, possa buscar a produção de seus veículos na china.

Segundo a agência de noticias Reuters, um dos executivos da alemã BMW, teria confirmado tal parceria entre as marcas. Mais uma fonte, que está ligada à possível união das marcas, acrescentou que o objetivo da união não passa pela produção de veículos a gasolina e diesel, sugerindo que o foco será a montagem de automóveis elétricos na China.

Se a união realmente acontecer, a nova empresa pode até se dispor de um novo nome, e de acordo com a historia, não seria algo muito inédito. A união entre montadoras ocidentais e chinesas é antiga, a exemplo do que ocorre entre a Mercedes e a BYD (Denza), a Volkswagen e a JAC e a Ford e a Zotye.

Vale lembrar que a própria BMW já produz veículos na China, mas em parceria com a Brilliance China Automotive Holdings, situada em Hong Kong.





REDAÇÃO SEMPRE AUTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *