BMW vai produzir X3 elétrico na China em 2020

Utilitário movido a baterias tem 270 cv e autonomia de 400 km

 




Em abril, a BMW mostrou o conceito iX3 no Salão de Pequim, na China. O utilitário é a variante elétrica do modelo original a combustão. Agora a marca alemã confirma que o modelo será produzido a partir 2020 em território chinês. A BMW Brilliance Automotive (BBA), joint-venture entre a BMW e a chinesa Brilliance Automotive Group Holdings, vai fabricar o SUV na planta de Shenyang, responsável também por construir as baterias que alimentam o motor elétrico. A BBA tem duas unidades fabris na província que Liaoning, juntas, entregaram 520 mil veículos em 2017 – as vendas, por sua vez, atingiram 560 mil automóveis. Da China, o carro seria exportado ao redor do globo.

O protótipo do iX3 apareceu em Pequim com mais de 270 cv e autonomia para rodar até 400 quilômetros com apenas uma carga. Em um carregador de alta potência, as baterias podem atingir 80% de sua capacidade total em apenas 30 minutos. Um dos destaques do iX3 é que o motor elétrico, a transmissão e a central eletrônica são parte de um único componente, otimizando o powertrain para ser usado em modelos futuros.

Vale lembrar que a BMW comercializa um carro 100% elétrico no Brasil: oi3. Recentemente o carro foi reestilizado na Europa, demorou a desembarcar por aqui, mas chegou. É vendido em três versões (a partir de R$ 199.950), tem o equivalente a 170 cv de potência, 25,5 kgf.m de torque e pode rodar até 330 km entre cargas.

Mini

Mini, que faz parte do Grupo BMW, também assinou planos de produzir o seu primeiro modelo elétrico na China. O fato deve acontecer em novembro de 2019. No caso da marca britânica, a joint-venture não é com a Brilliance e, sim, com a Great Wall.

BMW iX3 Concept
icon photo

Legenda: A versão final de produção não deve ser esteticamente muito diferente do conceito
Crédito: Divulgação




 

Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *