CHEGA AO MERCADO EUROPEU A NOVA GERAÇÃO DO FIESTA

Enquanto, no Brasil, o hatch só vai receber uma reestilização, lá fora ele ficou maior e muito mais tecnológico

 

        Enquanto aqui deve ser lançado uma reestilização até o fim deste ano para o modelo, que ganhará interior igual ao do novo EcoSport e o motor 1.5 flex de três cilindros que estreia no SUV compacto, os clientes europeus poderão adquirir, a partir de julho, a geração totalmente nova do hatch. Maior, mais luxuoso e tecnológico, o verdadeiramente novo Fiesta chega ao comércio europeu com versões a partir de 12.715 libras, aproximadamente R$ 42 mil, no Reino Unido.

        Em meio a crise e vendas de veículos em baixa no Brasil, o país não tem mais um portfólio completo de carros globais da Ford, idênticos ou muito semelhantes em todos os mercados onde são comercializados.

        O Fiesta chega, na Europa, inicialmente em quatro versões de acabamento, da mais em conta Style até a mais luxuosa Vignale, posicionada acima da configuração Titanium. A aventureira Active e a esportiva ST serão lançadas no primeiro trimestre do próximo ano no mercado europeu.

 

 

        Um dos destaques deste Fiesta, que ajuda a explicar o motivo de não haver planos de vendê-lo aqui no momento, é o pacote de equipamentos de assistência e segurança, que deverão tornar o hatch compacto como o líder nesse quesito na sua categoria, à frente de modelos como Peugeot 208, o recém apresentado novo Volkswagen Polo e Citroën C3.

 

ford-fiesta-novo-4

 

        O hatch da Ford, dependendo da versão escolhida, contará com assistente de frenagem pré-colisão com detecção de pedestres, assistente de estacionamento semiautônomo, leitor de placas de trânsito e controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, que freia o carro automaticamente para manter a distância segura do veículo que segue logo à frente. Recursos que não são encontrados nem no Focus que a Ford comercializa em território nacional.

 

ford-fiesta-novo-2

 

        Outro ponto alto é a central multimídia Sync de terceira geração, trazendo tela de 6,5 polegadas “flutuante” e sensível ao toque, comandos de voz e compatibilidade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, para facilitar e tornar mais segura a conectividade com dispositivos móveis iOS e Android.

        Em terras europeias, o Fiesta, nas versões de entrada, contará com motor 1.1 de três cilindros aspirado a gasolina de 70 cv ou 85 cv, enquanto as configurações intermediárias contarão com o 1.0 Ecoboost turbo, também tricilíndrico e abastecido com o derivado do petróleo, ajustado para render 100 cv, 125 cv ou 140 cv. o modelo também contará com a opção de propulsor turbosiesel de 1,5 litro, com 85 cv ou o novo ajuste de 120 cv.

 


Fonte: WM1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *