JAGUAR LAND ROVER APRESENTA A SUA PERCEPÇÃO PARA VOLANTE DO FUTURO

O protótipo de volante desenvolvido pela Jaguar Land Rover, Sayer pode assumir o controle do carro e fazer várias outras coisas

        A Jaguar Land Rover, apresentou recentemente um conceito bem peculiar de volante para o futuro. O protótipo chamado de Sayer, antecipa como poderão ser os carros da marca a partir de 2040.

        O modelo, além de representar uma grande mudança na interface do que a gente já conhece sobre direção, o equipamento também pode no futuro ser a única parte do carro de total propriedade destinada ao usuário do veículo. O Sayer é ativado por voz e pode também realizar várias tarefas.

        Algumas delas são se relacionar com uma espécie de plano de serviços contratado pelo cliente da Jaguar Land Rover. Nele, o usuário pode ser dono de um veículo ou usar unidades autônomas compartilhadas.




        Assim, o que parece é que o volante poderia “pedir” um carro, que se deslocaria até o usuário, o Sayer se conectaria ao veículo e descarregaria todas as configurações, rotas e informações do usuário no carro. Apesar de totalmente eletrônico, o Sayer ainda deve permitir que o motorista conduza o veículo, caso queira. O nome do equipamento é uma homenagem a Malcolm Sayer, designer da marca entre 1951 e 1970.

        O tipo de direção lembra muito o esquema de carros usados no filme I Robot (2004) com direção do Alex Proyas e produção de John Davis e Will Smith, no filme o ator dirige um veículo de direção autônoma que quando necessário muda para manual.

audi

        O conceito do carro foi desenvolvido apenas para o filme, mas devido ao grande sucesso que o veículo fez, a Audi que usou como base o modelo RSQ, acabou fazendo várias exposições do modelo, mas nunca levou o conceito do veículo adiante pelo fato do modelo ter várias coisas criadas para a obra fictícia.

 





REDAÇÃO SEM SEMPRE AUTOS

Um comentário em “JAGUAR LAND ROVER APRESENTA A SUA PERCEPÇÃO PARA VOLANTE DO FUTURO

  • 6 de setembro de 2017 em 00:32
    Permalink

    Caramba!!!!!!!!!!
    Será que a realidade imita mesmo a ficção?? Incrível ver uma coisa fictícia se tornando realidade.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *