MARCAS ALEMÃS SÃO ACUSADAS DE BURLAR REGRAS PARA EMISSÕES

Algumas das montadoras mais conceituadas do mundo se reuniam para adulterar testes

      Recentemente foi aberta uma investigação pela União Europeia, para apurar uma denuncia de cerca de 200 empregados da BMW, Audi, Mercedes-Benz, Porsche e Volkswagen que participavam de reuniões secretas onde conversavam e tomavam decisões sobre adulterar resultados de testes de emissões de poluentes de todas as fabricantes.

      Segundo as informações, esses encontros que se iniciaram em 1990, e que de lá saíram várias decisões, como manipulação de termos técnicos para encaixar certas tecnologias menos restritivas e caras na legislação européia e até uma limitação no tamanho do tanque do aditivo AdBlue.

      Até o Momento, nenhuma das fabricantes comentou sobre as acusações.





Fonte: Jornal do Carro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *