Ministério das cidades lança a CNH-e

Sistema da CNH-e deve ser iniciado em Goiás, e deve ser iniciado nos outros estados até fevereiro do próximo ano

Essa nova tecnologia, que foi intitulada de CNH-e será implantada primeiro com os motoristas goianos, eles serão os primeiros a possuir uma Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica. Lançada nesta terça-feira (10) pelo Ministério das Cidades, pelo Denatran e pelo Serpro, o sistema começará a operar em Goiás a partir de uma parceria com o governo estadual e o Detran-GO. Com mesmo valor jurídico da CNH em papel, a inovação chegará em outras regiões brasileiras até fevereiro de 2018, de acordo com a previsão do governo federal.

Para se possuir uma habilitação digital, os condutores deverão ter a nova CNH, com o período de emissão em maio desse ano. O documento possui QR Code, código para ser lido por aparelhos eletrônicos.

A CNH-e deve ser reproduzida por um aplicativo de smarphones, que daqui a  pouco vai estar disponível no Google e na Apple. A emissão do documento virtual, contudo, dependerá dos Detrans de cada estado. O prazo final para que todos passem a emitir a carteira digital é fevereiro de 2018.

Contudo, os motoristas vão precisar realizar um cadastro no portal de serviços do Denatran. É possível fazer todo o processo pelo site, desde que o usuário opte por usar um certificado digital. Os demais podem se dirigir até o Detran para atualizar seus dados e cadastrar um e-mail.

De acordo com o Denatran, pode ser que tenha algumas taxas para emissão da CNH digital, mas isso ficará a cargo dos Detrans estaduais, do mesmo modo em que as impressas são feitas.





REDAÇÃO SEMPRE AUTOS

Um comentário em “Ministério das cidades lança a CNH-e

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *