O novo Fiat Cronos chega a valer R$ 69.990

Fiat Cronos concorre com Prisma a City, com três opções de câmbio e duas opções de motor

 

 

O modelo produzido na Argentina parte de R$ 53.990 na versão 1.3 básica e chega aos R$ 69.990 na configuração mais cara, a Precision 1.8 automática (sem opcionais).

Existe a opção pelo motor 1.3 de 109 cv ou 1.8 de 139 cv. Ao contrário do Argo, hatch no qual é baseado, o Cronos não dispõe de motor 1.0 de 77 cv. Já o câmbio pode ser manual cinco velocidades, automatizado também de cinco marchas (somente para o motor 1.3), além de automático de seis velocidades (exclusivo para a opção 1.8).

 

 

Preços e itens de série de cada versão

 

Básico 1.3 – R$ 53.990

O Cronos básico dispensa a central multimídia Uconnect Touch de 7 polegadas e a entrada USB traseira presentes no Drive, mas vem de série com ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos (dianteiros), trava elétrica, chave com telecomando, rádio com conexões Bluetooth e USB, computador de bordo, volante com comandos de rádio e telefone, display TFT de 3,5 polegadas e alta resolução no painel de instrumentos, pontos ISOFIX, sistema iTPMS de monitoramento da pressão dos pneus, ajuste de altura do banco do motorista, sistema ESS (sinalizador de frenagem de emergência), cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes traseiros, apoio de cabeça central traseiro, volante regulável em altura e outros.

 

Drive 1.3 – R$ 55.990

A ex-configuração básica tem apenas uma opção de motor, o reconhecido 1.3 Firefly de quatro cilindros, 109 cv e 14,2 kgfm de torque. O Cronos Drive tem opção tanto de câmbio manual quanto automatizado, sempre de cinco velocidades. São de série ar-condicionado, direção elétrica ajustável em altura, trio elétrico, central multimídia Uconnect de sete polegadas e monitoramento de pressão dos pneus. Rodas de liga leve aro 15, sensor de estacionamento, vidros elétricos traseiros, banco bipartido e alarme são oferecidos como opcionais. Já os controles eletrônicos de estabilidade e de tração estão disponíveis apenas no Drive 1.3 GSR.

 

Drive 1.3 GSR – R$ 60.990

Para aqueles que não se incomodam com tranquinhos e a hesitação maior de um automatizado, o Drive 1.3 GSR é uma opção bem mais em conta do que o Precision 1.8. A evolução do conhecido Dualogic Plus é chamada de GSR (ou Gear Smart Ride, uma promessa de trocas inteligentes de marcha). Ao contrário da caixa automática da Aisin, o automatizado GSR não conta com alavanca de marchas, apenas tem botões para funções da transmissão no console, entre elas, Drive, Ré e Sport. Mudanças manuais são efetuadas apenas pelas borboletas no volante (de série).

Entre os equipamentos de série, o GSR é mais completo do que o 1.3 manual. Ele conta com os controles eletrônicos de estabilidade e de tração, além de start-stop (capaz de desligar e religar o motor em paradas de trânsito), controle de velocidade de cruzeiro, luzes de ambiente na cabine, apoio de braço para o motorista, vidros elétricos traseiros e retrovisores com seta e tilt-down (recurso que baixa o espelho retrovisor direito em manobras de ré).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *